As principais mudanças no Imposto de Renda - IRPF 2012

Por: Carlos Alberto Garcia Machado - 06/03/2012 - Fonte:RFB
Os rendimentos tributáveis para fins de declaração de IRPF ficaram em R$ 23.499,15.
Os rendimentos tributáveis do produtor para fins de IRPF ficaram em R$ 117.495,75.
O percentual a ser descontado na declaração simplificada de IRPF permanece em 20%, mas seu limite subiu para 13.916,36 reais.
O valor de desconto por dependente subiu para R$ 1.889,64.
O limite para abatimento de gastos com educação passou para R$ 2.958,23.
Abatimentos com planos de previdência privada na modalidade PGBL são limitados a 12% da renda tributável.
A parcela mensal abatida pelos aposentados acima de 65 anos passou a ser de R$ 1.566,61, sendo o limite no ano de R$ 20.163,55.
No formulário completo o percentual máximo a ser abatido do IR para doações feitas para os Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente  passou de 6% para 3% do imposto devido. Doações feitas até 30 de abril de 2012 ainda poderão ser abatidas nesta declaração de IR, referente ao ano de 2011.
A Receita passou a exigir CPF de dependentes nos seguintes casos: filho ou enteado incapacitado física ou mentalmente para o trabalho (código 23); irmão, neto ou bisneto com guarda judicial (código 26); e absolutamente incapaz (código 51).
A partir deste ano, só será possível imprimir a primeira parcela a ser paga, as demais devem ser impressas diretamente do site da Receita.
Os brasileiros que possuem renda anual superior a 10 milhões de reais passam a ser obrigados a usar Certificação Digital para enviar a declaração.