Empresas pequenas são as que menos sobrevivem no mercado

Agência Brasil - 14/09/2011.

As empresas com até nove pessoas empregadas são as que menos conseguem se manter no mercado. A constatação faz parte do estudo Demografia das Empresas 2009, divulgado hoje (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os dados apontam que as empresas de menor porte predominam tanto na entrada no mercado como na saída. Segundo o estudo, 79,9% dos estabelecimentos que entraram no mercado em 2009 não tinham empregados e 18,4% tinham de uma a nove pessoas assalariadas.

O mesmo movimento é constatado quando se analisam as saídas: 88,5% das empresas que deixaram o mercado não tinham pessoal assalariado e 10,8% tinham de uma a nove pessoas empregadas. “Isso significa que 98,3% das empresas que entraram no mercado e 99,3% das que saíram do mercado, em 2009, tinham até nove pessoas assalariadas”, constatou o IBGE.

Os dados indicam que, entre as empresas sobreviventes, 46,2% não tinham pessoal assalariado, 42,5% tinham de um a nove empregados e 11,3% tinham dez ou mais pessoas assalariadas. Essas empresas respondiam por 73,1% do total do pessoal ocupado e por 83,7% do pessoal ocupado assalariado.

Entre as empresas sem pessoal assalariado, 67% são sobreviventes. Nas empresas com um a nove funcionários, essa taxa sobe para 89%, saltando para 96% quando envolve aquelas com dez ou mais pessoas ocupadas.